Mercado Imobiliário

5 medidas que podem ser tomadas para valorizar seu imóvel

Tendo em vista que o mercado imobiliário vem crescendo nos últimos anos, muitas pessoas voltaram a enxergar o setor como uma excelente forma de investimento. Mas você sabe como valorizar o imóvel, tornando-o mais rentável e atraente?

Algumas atitudes simples são muito bem-vindas para quem quer vender ou alugar sua casa ou apartamento por um valor elevado. Nosso blog separou 5 medidas infalíveis que você pode adotar para garantir um bom negócio.

Confira, abaixo, como valorizar seu imóvel de forma prática e acessível!

1 – Invista no home staging

Você certamente já assistiu a algum daqueles programas estrangeiros de decoração que passam na TV, cujo mote é reformar e atualizar os imóveis que estavam ultrapassados ou em mau estado de conservação. Pois essa prática é muito popular em mercados desenvolvidos, como os Estados Unidos e o Canadá, e pode valorizar seu imóvel em mais de 15%. Mas, embora seja menos comum, existem algumas empresas e profissionais especializados em home staging no Brasil também.

Esses profissionais, como arquitetos, construtores e decoradores, adequam alguns detalhes em termos de arranjos, acabamentos e organização de espaços, tornando os ambientes mais contemporâneos e atraentes. A ideia principal é neutralizar a personalidade da casa ou apartamento, de modo que ela seja vista como uma habitação compatível e moderna por tipos variados de pessoa.

2 – Cheque o sistema elétrico e o hidráulico

Tanto o sistema elétrico quanto o hidráulico precisam estar em dia, pois qualquer comprador atento irá checá-los para verificar se não existe nenhum problema ou vício oculto. Portanto, antes de tentar lucrar com sua propriedade, vale dar uma boa olhada nesses dois itens.

Vazamentos, infiltrações e manchas na parede precisam ser devidamente examinados e reparados. O mesmo vale para tomadas queimadas e interruptores que não funcionam. Até uma torneira pingando acaba com o interesse das pessoas. A manutenção preventiva é a maneira mais barata de valorizar o imóvel e aumentar sua durabilidade.

3 – Cuide de canteiros e jardins

A área externa não é muito estimada pela maioria dos proprietários, mas o fato é que canteiros e jardins malcuidados são um tiro no pé para quem quer valorizar seu imóvel. Plantas grandes, terra espalhada, buracos, sujeira e lama dão a impressão de abandono e desleixo, e isso, logicamente, irá desestimular os compradores em potencial a fazer uma oferta mais robusta.

O acúmulo de lixo é outro aspecto que desagrada: isso impacta a percepção de valor e o desejo dos compradores, pois esse tipo de negociação envolve um fator emocional que não deve ser minimizado. Portanto, limpe, cuide e conserve.

4 – Olhos atentos à fachada

A fachada também precisa ser bem tratada, afinal não é só o interior que deve estar impecável. Lembre-se de que ela causa um grande impacto, afinal é a primeira coisa que o visitante vê quando diante do imóvel. Se estiver bonita e bem-cuidada, despertará o interesse do comprador em potencial antes mesmo de ele entrar na residência.

O oposto também é provável: um muro pichado, por exemplo, trará a impressão de que o bairro é inseguro e desestimulará o negócio. Com um bom acabamento e sem gastar muito, a identidade visual melhora bastante e as chances de valorização também.

5 – Deixe a documentação em dia

Ter a documentação em dia ajuda muito a valorizar o imóvel. Poucas pessoas se atentam a esse detalhe, mas sabemos que a casa pode ser desvalorizada em 30% ou mais se não estiver legalizada e não possuir todos os papéis que garantem que ela está apta a ser vendida e habitada. 

A escritura deve estar em nome do proprietário e as tarifas, impostos, contas e autorizações devem estar todas em ordem. Poucas coisas são mais desanimadoras para um potencial comprador do que a impressão de que a compra irá gerar dores de cabeça no futuro.

Essas são algumas das medidas a serem tomadas se você quer valorizar o imóvel. Gostou de conhecê-las? Então divida esse conteúdo com seus amigos e compartilhe este post nas suas redes sociais!

Você deve gostar também
Por que devo contratar um corretor de imóveis?
Vale a pena pagar aluguel?
Consórcio ou financiamento imobiliário: qual o melhor?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web