Arquitetura e Decoração

As 5 melhores dicas para mudar de casa sem estresse

Separar, embrulhar, transportar, desencaixotar, reorganizar… O processo de se mudar pode ser traumático se não souber exatamente o que está fazendo. Se você é dessas pessoas que não sabem nem por onde começar e arrepiam só de ouvir falar em mudança, nosso artigo de hoje é para você!

Confira algumas das dicas essenciais para se mudar de casa sem dor de cabeça!

Planeje antes de agir

Para se mudar sem ter um surto, planeje todos os passos e organize tudo com bastante antecedência. Assim que a casa nova estiver pronta, defina a data da mudança e já comece a empacotar tudo! Isso te dará tempo suficiente para vencer cada etapa de uma vez, aos poucos, sem correria. Contabilize aproximadamente dois meses para encaixotar.

Enquanto isso, não se esqueça de marcar o carreto. Pesquise os serviços oferecidos e os preços das transportadoras. Certifique-se de que nos custos estarão incluídos o seguro dos seus pertences, os materiais necessários para transportar tudo com segurança e a montagem dos móveis. Este último é um diferencial a ser valorizado!

Organize nos mínimos detalhes

Para organizar e preparar tudo para a mudança, você vai precisar de alguns itens essenciais: fita adesiva, plástico bolha, planilhas, pincel atômico e caixas, muitas caixas! Procure por elas em supermercados e lojas de eletrodomésticos. Lembre-se de que você precisará de tamanhos variados e reforce o fundo de todas elas com algumas camadas de fitas adesivas.

Livros não podem ser estocados em caixas enormes, uma vez que nem você nem o fundo da caixa conseguirão aguentar o peso. Taças, espelhos, pratos e tudo o que for de quebrar deve ser embalado individualmente, com plástico bolha ou jornal. Acomode as peças pequenas dentro de outras maiores e preencha o espaço que sobrar entre elas. Assim, tudo ficará firme e não correrá o risco de bater ou cair.

Pratique o desapego

As planilhas citadas acima facilitarão o seu trabalho na hora de definir o que vai com você para a casa nova e o que fica. Caso você esteja se mudando para uma casa menor, por exemplo, elas te ajudarão a decidir quais móveis você precisará trocar, vender ou doar. O mesmo vale para roupas, sapatos, eletrodomésticos e outras coisas que você não usa mais. Casa nova, vida nova: desapegue!

Além disso, planilhas podem ser bem úteis na hora de desempacotar. Detalhe ao máximo o que cada caixa contém, listando-as por ordem de prioridade a partir das coisas que você vai precisar usar primeiro na nova casa, como os utensílios de cozinha.

Antecipe tudo que puder

Na semana anterior à data da mudança, peça a transferência dos seus serviços de telefone, televisão por assinatura e internet para o novo endereço. Lembre-se de ir à fornecedora e colocar a conta de luz no seu nome e de alterar o seu logradouro junto às empresas de assinatura de jornais e cartões de crédito.

Depois de tudo instalado, dedetize o imóvel se preciso for e faça uma limpeza geral na nova casa. Certifique-se ainda de que a luz, as tomadas, as torneiras e as descargas estejam funcionando corretamente para o dia da sua chegada!

Facilite a hora de desembalar

Lacrar as caixas e deixar claro, com inscrições em canetão, tudo o que elas contêm e a que cômodo elas pertencem são ótimas ideias! Aquelas que contêm objetos delicados devem ter um aviso bem legível, além de indicar o lado de cima. Isso permitirá que você disponha cada caixa em seu lugar e encontre facilmente os objetos à medida que precisar.

Na hora de desempacotar, siga uma estratégia de arrumação. Comece por um cômodo e organize-o até o fim: fazer tudo ao mesmo tempo só te deixará confuso e estressado. Primeiro ordene tudo em seu lugar e só depois providencie a limpeza dos itens: aproveite a sensação de dever cumprido para, mais tarde, limpar e lavar o que for necessário.

Para o dia da mudança, não se esqueça de separar uma pequena mala com algumas mudas de roupa, itens de higiene pessoal, jogos de cama e banho para cada membro da família. Tudo isso fará com que mudar de casa seja suave e divertido! Para acompanhar nossas dicas e outros posts como esse, assine nossa newsletter!

Você deve gostar também
Decore seu imóvel com estas dicas incríveis
Como decorar o quarto do bebê?
Decoração de ambientes pequenos: 5 maneiras de aproveitar bem o espaço

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web